STO Vs ICO: Qual a Diferença Entre Eles?

0

Initial Coin Offerings (ICOs) ou Oferta Inicial de Moeda, é uma expressão do mundo digital que ganhou muita atenção nos últimos anos como uma solução ideal de crowdfunding para as startups e para criptomoedas jovens. Mas a falta de regulamentação adequada vem sendo um grande problema para a popularização de uma ICO, pois ainda há a chance de ocorrer fraude, e é aí que surge uma nova solução de crowdfunding chamada STO.

Quais as Diferenças Entre ICOs e STOs?

Não pense que exista grandes diferenças entre as ICOs e as STOs, pois elas são semelhantes, guardando apenas diferenças sutis. Para entender o que é uma STO, é preciso primeiro que você entenda a ICO, que basicamente é uma oferta simbólica de uma empresa ou organização para levantar capital para um projeto. Os compradores recebem os tokens, mas, por não ser regulamentadas, acaba colocando os investidores em risco.

Muitos investidores focados em oportunidades relacionadas a blockchain e criptomoeda perderam dinheiro com ICOs fraudulentos gerados por hackers que elaboraram trapaça com o objetivo de ganhar dinheiro rápido e fácil. Isso, além da falta de orientação regulatória, são as razões pelas quais as ICOs receberam muita oposição dos reguladores. Um STO é uma oferta simbólica semelhante a uma ICO, mas a principal diferença é que as STOs são reguladas.

STO Vs ICO: Qual a diferença entre eles?

Fazendo a ponte entre crowdfunding e regulação na blockchain

Os STOs são registrados na (SEC) Securities and Exchange Commission (uma empresa independente localizada nos Estados Unidos), e aproveitam a isenção de títulos, como por exemplo “Reg A +”. Eles, portanto, têm muitas semelhanças com as ações. Por exemplo, os tokens emitidos em STOs dão aos investidores alguns direitos sobre a empresa ou organização emissora.

O registro na SEC é uma das maneiras pelas quais os STOs prometem oferecer mais segurança ao investidor, e isso acarreta porque o registro no regulador desencoraja os indivíduos fraudulentos, permitindo assim apenas os projetos que são legítimos e sérios em sua busca. O processo de registro também é semelhante ao processo de registro de Ofertas Públicas Iniciais (IPOs) e isso não é apenas um passo positivo para os investidores, mas também deve eliminar as preocupações do governo.

Os especialistas do mercado estão altamente confiantes com os STOs e acreditam que o faturamento nos mercados digitais chegará em mais de 10 trilhões de dólares até 2020. Em comparação, as ICOs levantaram cerca de 4 bilhões de dólares até o momento. As ICOs podem ter dominado o mercado de crowdfunding em 2017, mas este ano, o conceito de STOs deverá decolar de forma enorme, oferecendo aos investidores oportunidades de investimento mais seguras. Muitos acreditam que, finalmente, pode ser a solução mais procurada para crowdfunding no mercado de criptomoedas.

A empresa por trás da ideia STO

A ideia das ICOs foi lançada por uma startup de blockchain chamada Polymath, liderada por Trevor Koverko, e espera-se que o conceito ganhe força rapidamente, porque o mercado de crowdfunding tem buscado uma solução melhor, e os STOs contornam os problemas associados às ICOs. Ele também mostra uma tendência contínua onde os reguladores vêm trabalhando em conjunto com empresas no mercado de criptomoedas do blockchain para criar soluções que trarão mais ordem.

É esperado que as regulamentações no setor incentivem mais investidores a participar de tais projetos, aumentando assim o potencial de mais projetos blockchain sucedendo. O financiamento é muitas vezes o maior obstáculo no caminho do sucesso para muitas startups de blockchain. O conceito STO é uma das melhores ideias para garantir que a comunidade blockchain se alinhe com as regulamentações governamentais. Isso ainda é um pouco cedo para dizer, mas os STOs podem ser a solução altamente esperada que acabará com a disputa entre reguladores e a comunidade blockchain.

O Polymath está atualmente trabalhando em um protocolo descentralizado que ajudará as empresas a criar seus próprios tokens de títulos. O protocolo verificará todos os endereços de criptografia para garantir que os investidores atendam aos requisitos necessários para investir em uma determinada oferta de segurança. Tais restrições permitirão que os projetos estejam confiantes de que seus tokens STO serão mantidos por investidores sérios e autorizados.

Concluindo, o crowdfunding está prestes a ser muito melhor graças à abordagem mais segura e regulamentada que será oferecida através de STOs.

 

Saiba mais sobre o  ICO Vs DAICO? Qual é a diferença entre eles?


About Author

Olá, sou o Lucas! Graduando em Engenharia de Computação pela UNIFEI - Universidade Federal de Itajubá. Apaixonado por tecnologia e desenvolvedor mobile com foco em Android nativo. Trabalho como freelancer nas horas vagas e sempre em busca de novos desafios.

Leave A Reply